Hugo Radamésio: Quero você sem modéstia....Aqui. Se...

Quero você sem modéstia....Aqui.
Se insinue e se mostre para mim
Tire este vel não és mais virgem
Tome um trago para sentir vertigem
Só não se mostre por dentro
Seja domadora dos seus sentimentos
E assim seja bem torpe
como um peça de açougue

Não sou tão carente
Para você de forma demente
Querer me conquistar
Sem esforço me dominar
Por isso te precavi
Quando pensar em me esquecer
Eu já te esqueci

Na noite se me encontrar
não mostre que está a passar
pela vida de forma cruel
pois não tens do mel
tem o cheiro e gosto próprio
e o que é incomum e óbvio
tem o ódio tem amor
Tem coragem tem pavor

E quase imutável o cotidiano
descrevo teus olhos como o oceano
e quase intangível a tua vida
me mostra que há poucas saídas
E quase mutável tua cabeça
se descreves com muita proeza
E quase tangível teu coração
não sei o que fazer,não sei não.......

Inserida por HugoRadamesio