Hugo Radamésio: Em teus olhos vejo o mundo, O meu mundo....

Em teus olhos vejo o mundo,
O meu mundo.
A complexa existência de uma vida,
A minha vida.
Presa nos anseios por mais espaço e tempo,
Todo o tempo.
Sendo estático mas em busca de razão alguma,
Fuga.
Perdoado por Deus e também condenado,
Segue seu enfado.
Sentindo o pouco de solidão e tudo,
Abismo profundo.
E esse germe com come minhas entranhas,
Saudade estranha.
Só terá conforto em má sorte,
Quando encontrar a morte.
E se muito eu puder não sofrer,
Virar cinzas e desaparecer........

Inserida por HugoRadamesio