André Moraes: Cantando Solidões Amo todo esse...

Cantando Solidões

Amo todo esse descompasso
Todo este acelerar dos corações
Amo esse fatigo abafo
Neste precatar de emoções
Amo essa densa embriaguez
E todo o florescer destas paixões
Amo a renuncia quão incerta
Neste esconso frágil de ilusões
Amo como ama um poeta
Cantando solidões

Inserida por rafaelamonttepaulo