Isalena Medeiros: Paradoxo. Calco os pés na terra dos...

Paradoxo.

Calco os pés na terra dos homens,
E preparo a armadura.
As guerras me assustam.

Uns com medo de outros.
Invejas.
Tal de mentir,
De enganar.
E um rude contraste:
É nessa terra,
Absurda,
Que enfloraram as mais belas flores!

Inserida por ISALENA