Samir Carvalho: Até que ponto chegará a insistência...

Até que ponto chegará a insistência de um desesperado; até que ponto chegará o amor de um apaixonado; até que ponto chegará a tristeza de um exagerado; até que ponto chegará o sonho de uma criança; até onde meu coração conseguirá ir? Com que insistência, com que amor, com que tristeza? Um coração de criança para perseguir um sonho, assim como perseguíamos o carrinho do sorvete, com o afinco com que corríamos atrás da bola no campinho de areia. A pureza, a inocência, a determinação em pequenos olhos e cabelos molhados escondendo a testa. Uma respiração ofegante, um batimento palpitante, sem parar, sem voltar, sem sorrir, sem chorar. Apenas prosseguindo para lá, para cá, para ali, para acolá, para um sonho. Minha querida, não se esqueça de me escrever!

Inserida por SamirCarvalho