Mel: A relatividade do tempo Vamos perder os...

A relatividade do tempo

Vamos perder os ponteiros,
imaginar um relógio sem horas,
ajustar os minutos,
deixar fluir os segundos,
da nossa relatividade do tempo.

As vezes penso se este tempo,
que leva tanto tempo a passar
quando é dor ou agonia,
é o mesmo tempo que passa
com pouco tempo de passar
quando do prazer e alegria.

Quando damos um tempo,
criamos o hiato do tempo,
como a dizer ao tempo:
tempo por favor dá um tempo,
pare que eu quero pensar.

A velocidade do tempo,
se é que dá pra mudar,
somos nós quem mudamos,
no tempo que a gente cria.

by Mel

Inserida por paesdemel