Siomara Reis Teixeira: ETERNAMENTE Então, não me peça...

ETERNAMENTE


Então, não me peça desculpas!
Combinado! Tentarei!
Fecharei os olhos e me entregarei a musica.
Mas você estará ao meu lado?

Porque faltara o essencial.
A pessoa que me mereça, o ator principal.
Com o pensamento a divagar, prometo, dançarei.
Girar a me entregar em sentimentos

Que jamais irão findar.
Mesmo que o momento seja breve
E que a razão teime em entrar em ação.
Porque uma fração de segundo vivido

Na entrega da paixão por si mesmo
É se integrar ao lívido entremear
Do sol e do luar
Com somente os anjos, a admirar

E poder ter a eternidade
Envolta em brilhos de esperança
A prometer sempre e sempre,
Eternamente, a contradança.

Inserida por siomarareisteixeira