Betina Costa: A Dama Etrom Oh bela e formosíssima...

A Dama Etrom

Oh bela e formosíssima senhora
Tão bela e perfeita na vazia madrugada
Que foi invejada até mesmo pela aurora
Sendo pelo brilho da manhã rejeitada.

A amargura fez dela fria
A noite lhe fez Eterna e Misteriosa
Acolhendo-a em almas vazias
Das vidas que vai levando embora

E assim amei-te desde o meu nascimento
Mas fizeste da mim um inimigo
Deixando-me perdido no esquecimento
E foi levando todos os que amei contigo.

Limito-me a seguir-te agora
Desejando na escuridão te encontrar
Oh bela e formosíssima senhora
Por que insistes em ao meu amor rejeitar?

Inserida por Betina122