Vânia Leite: Perder O dia que você me deixou a...

Perder

O dia que você me deixou a atônia me petrificou.
Naquele dia você olhando nos meus olhos parado em minha frente, verbalizando aquela novidade estarrecedora só estava presente em físico; sua frieza o fez mais distante que uma colina está do fundo do mar.
Quanto a mim? Nem poderia te tocar.
Assim como o mar não pode tocar o topo da colina, tão píncara, fria e distante.
Roubou meu espírito, gatuno! Fugindo adiante.
Deixou uma velha casca vazia e morta, tirou do meu mundo toda cor restando apenas um vazio sórdido e cinza.
E daquele instante até hoje ficou firmemente estabelecida uma angústia permanente.
Maldita dor poderosa que arranca o sorriso da gente

Inserida por coragemprabatalha