Dária Agra: "Dária acordou chateada. O dia...

"Dária acordou chateada. O dia tinha começado errado. O tempo não passava, as nuvens cinzas estavam baixas. Ía chover.
Talvez, se as nuvens fossem rosas, ou quem sabe laranjas, ela pudesse dizer que seria legal o dia.
Mas eram cinzas e ficavam mais escuras enquanto o tempo se arrastava. E tinha a chuva que vinha…
Se ela não fosse tão fria, tão triste e tão molhada, talvez Dária gostasse dela.
Se tivesse gosto de morango com chocolate e sorvete de creme, se tivesse cheiro de jasmim, quem sabe não mudasse tudo?
Mas era apenas chuva, molhada e fria, e o cheiro de asfalto molhado.
O dia está sendo meio parado, sem muitos assuntos, sem muitas tarefas, sem muitos sonhos...
O tempo talvez fosse um velho barbudo de pernas cansadas querendo uma cadeira para descançar.
Talvez fosse uma criança entretida com um brinquedo. Só o que Dária sabia é que hoje o tempo estava distraído, tinha parado pra conversar, e ela queria que ele andasse mais rápido.
Ela queria que o dia terminasse.
O dia chuvoso, cinza e lerdo.
Dia de ficar na cama sonhando acordada e fingindo que está dormindo."

Inserida por dariaagra