Laís de Moura Chagas Rodriguês: Há Tempos Há tempos que temos que...

Há Tempos

Há tempos que temos que sorrir, quando tudo que queremos é chorar
Há tempos que por uma decepção ficamos irados, e não podemos dizer isso para ninguém a não ser papai do céu
Há tempos que a saudade faz termos uma angústia imens, e não queremos chorar
Há tempos que a solidão juntamente com o amor, faz com que o coração sofra, e esse sofrimento suba até nossa mente e vá direto para nossos olhos desse modo enchendo-os de lágrimas que expressão o que o nosso coração quer dizer e que com palavras não consegue se expressar
Há tempos que nossos atos falam mais que as palavras
Há tempos que temos que ficar felizes para não fazer os outros sofrerem com você, e o que mais desejamos é ficar sozinhos e pensar no que fizemos ou vamos fazer
Há tempos que não conseguimos dizer uma coisa tão besta, e por isso desabafamos tudo em umpapel
Há tempos que não queremos mentir mas é preciso
Há tempos que as lágrimas invadem nosso olhar, quando estamos tão felizes
Há tempos e sempre vai haver para falar a verdade, chorar sorrir, ficar doente, angústiado mas acima de tudo, haverá tempo para amar e der amado, falar e ser ouvido.

Inserida por laismoura