Marcel Henriques: Resposta a Chaplin Não, a vida é...

Resposta a Chaplin

Não, a vida é perfeita e nunca deveria ser ao contrário, claro, seria tão bom saber a hora que você se despede do mundo, saber quando você entra no palco e quando o espetáculo acaba. Mas, que sentido teria a vida se a inocência de uma criança ficasse na velhice e a sagacidade da idade avançada nos esperasse na infância, o que marca a vida de uma pessoa é ser ingênuo na infância, desajuizado na adolescência, responsável na fase adulta e experiente na velhice. O que seria da nossa vida se fossemos ingênuos na velhice, desajuizados na fase adulta, responsáveis na adolescência e experientes na infância? O que seria de uma festa na faculdade com pessoas responsáveis? Como iríamos brincar de pega-pega com osteosporose? Já nasceríamos sabendo?
A vida não está ao contrário, mas o mundo sim, esse está ao contrário!

Inserida por marcelhenriques