Sueidy Silva de Araújo: Olha nos meus olhos... O amor surge...

Olha nos meus olhos...

O amor surge assim, diferente da paixão que é rápida e passageira, ele surge devagar e com o tempo só aumenta.
Quando amamos, somos capazes de guardar segredos e sentimentos que nos sufocam, apenas para garantir que teremos sempre aquele sorriso charmoso e sincero que nos faz delirar.
Quando amamos, ignoramos nossos sentimentos, e tudo só faz sentido se o amado estiver contente.
Somos cautelosos em revelar nosso amor, diferente da paixão, que é capaz de acender um letreiro pra chamar atenção, o amor é cauteloso... damos pistas, indiretas, olhares, sorrisos, fazemos charme, na esperança de ser notada.
Quando isso não acontece, nos sentimos frustradas, tristes, desanimadas, perdidas, confusas, mas bem lá no fundo, o coração não desiste, ele ainda espera e acredita que o amor surgirá um dia.
Enquanto isso, nosso olhar vaga e profundo, penetra nos olhos do amado, na esperança de desvendar o que de nós foi oculto, e sobrevivemos admirando o carisma, o sorriso, o cuidado e tudo que há de belo no amado, que não nos foi permitido desfrutar, e que um diam alguém poderá levar de nós para sempre, e essa é a parte mais dolorida, ver nosso amor realizar-se com o amor de outra vida.
E assim seguimos, conformadas... ou não! Esperançosas... ou não! Mas lá no fundo, bem lá no fundo dos olhos está escrito, esperando apenas que você note: AMO VOCÊ!

Inserida por sueidy