Tamara Guglielmi: Agosto Agosto, que gostinho de...

Agosto

Agosto, que gostinho de felicidade

Agosto, que gostinho de saudade

Agosto, que gostinho do gostinho

de ter o gosto de gostar tanto de você.



Agosto, só poderia ter um gosto, o gosto de vc.

Seu temperinho, picante, revela o gostinho

da sua personalidade desafiante.



Agosto, só poderia ter um gosto, o gosto de você.

Seu sorriso envolvente tem gosto de felicidade.

Seu idealismo pela vida tem gosto de liberdade.

O seu jeito de criança tem o gosto das nossas lambanças culinárias.



Agosto, só poderia ter um gosto, o gostinho de você.

Sua fala tem o gosto da lembrança

que trago da minha infância.

Você tem gosto da nossa adolescência,

de toda aquela inocência por nós vivida.



Sua generosidade tem o gosto do sul do nosso Estado.

Seu sangue quente tem o gosto do nosso sangue italiano.

Sua felicidade tem apenas um gosto, você.

Você tem o gosto de agosto.





Há como é bom gostar de agosto

Por que agosto me trouxe você.

Por que ao trazê-la, pude perceber

que os meus agostos jamais seriam o mesmo sem você.

Inserida por tamaratatiane