Siomara Reis Teixeira: MEU REI Não, não estou por aí ao...

MEU REI


Não, não estou por aí ao sabor do vento,
Perdida no tempo, jogada ao relento e sem direção.
Ao contrario do que pregam os livros,
Idéias dos que decididos (?), o são,

Minha direção, não é o norte.
Não gosto do obvio, do rotulado.
Prefiro terminantemente, o pensar inconstante
Do que conviver com o desgosto do pré suposto

E é em direção ao sol que mantenho meu posto
Sempre erguido, sempre em pé.
Partindo desta premissa, é o que é!

Meu Rei nasce no leste. Meu âmago despertado.
Quem irá contestar a primeira e única essência
E cônscio a mim afirmar sobre o que é certo ou errado?

Inserida por siomarareisteixeira