Jeanine araújo: Possuo uma crueldade que se esconde e e...

Possuo uma crueldade que se esconde e e dá lugar a ternura ela pode aparecer quando você menos esperar. Sou escrava de realidades escondidas, tenho pressa de acordar e olhar pra um novo dia que irá brilhar, estou deixando os amores platônicos de lado e estou me dedicando a música, o sarcasmo e a irônia me dominam e ser incerta está no meu modo de ser. O silêncio é meu amigo e dificilmente controlo meus amores, depois que a paixão acabar eu não irei te ligar e muito menos querer te sentir novamente. Eu cansei de tentar relutar com o destino estou praticando a arte do desapego e estou deixando a vida me levar.

Inserida por nynee