Ricarlosmelo: Quantos dias eu ainda terei que viver....

Quantos dias eu ainda terei que viver.
Pois saiba que a minha vida precisar da tua para continuar existindo
A vida sem graça, dias sem sol, noites sem luar é só sofrer.
Não! Eu tenho que viver, não posso mais continuar fingindo.

Como pode um homem querer tanto uma mulher?
Deixar-me viver, vem me consolar, fica comigo paixão.
Quero que tu me ames, quero te amar antes que eu morra de tanto sofrer.
É tanta tristeza, é tanto querer, é tanto choro neste coração.

Eu sou um molambo, não consigo me controlar
Já que eu não tenho você, queria eu ao menos te esquecer
Só dessa maneira eu voltaria a viver, já que eu não posso te amar.
Já tentei, não tenho mais razão sou um louco e por esse amor eu vou morrer.

Quando eu morrer.
Para que não sobre vestígios de vida o meu corpo alguém tem que cremar
Não quero que os meus restos mortais em vida venham novamente se transformar, pois não quero nunca mais sofrer.
Quero apagar qualquer resquício de vida, que do meu corpo posar a vi existir. Pode ser que desta forma, nunca mais qualquer espécie de vida, que de meu corpo pudesse a vir existir, não venha a sofrer de tanto amar.

Inserida por Ricarlos