Débora Beatriz Albuquerque: Quando eu não mais existir Um dia...

Quando eu não mais existir
Um dia quando eu não mais existir você vai lembrar-se dos grandes momentos que vivemos, momentos de alegria e felicidade, momentos de tristeza e dor, mas sempre momentos que estivemos juntos, e que força nenhuma nos separava. Lembrará das ditas palavras de carinho e como elas soavam como uma perfeita sinfonia. Lembrará das horas de silêncio, mas que significava uma expressão de um imenso amor. Lembrará das risadas bobas e das conversas loucas. Lembrará o quanto eu fui importante para você, o quanto te fiz feliz, o quanto te amei. Quando eu não mais existir você sentirá falta de mim como uma criança que é deixada por seus pais em um orfanato. Um dia vai superar, mas nunca vai esquecer o quanto aquilo marcou sua vida. E vai ver que deixou de agradar a quem te amava por orgulho ou medo. Amor verdadeiro só se encontra uma vez na vida. Você irá buscar afeto nas outras pessoas mas sempre lembrará que nenhuma delas te dará carinho com um dia eu te dei, como um dia eu te amei de verdade. Você vai conhecer o mundo onde amor verdadeiro não existe, compromisso é coisa pra doidos, e que um sonho de um futuro bom é uma bobagem. Eu fui primeiro amor, eu fui doida pelo compromisso e fui boba com o sonho de um futuro feliz ao teu lado. Você nunca mais encontrará ninguém assim, porque você vai querer buscar alguém como eu, mesmas atitudes, mesmas palavras, mesmo modo de amar. E vai ver que fui única nesse mundo e nunca existirá ninguém pra ocupar o lugar que eu habitava. E vai se dar conta o quanto eu faço falta na sua vida ... Quando eu não mais existir

Inserida por depoisdanuvemnegra