Cleyton Pereira de Souza: Nem sempre o que se pode tocar se torna...

Nem sempre o que se pode tocar se torna tão real, mais o que se pode sentir torna-se uma realidade dividida entre sonhos e formas de entender que os sentimentos são mais que realidade, é acreditar no que não se pode ver.

Inserida por CleytonSouza