Ricarlosmelo: “Eu sempre corro. Mas logo volto a...

“Eu sempre corro.
Mas logo volto a andar.
As vezes me escondo.
De repente apareço.

Eu peço para chover.
E logo suplico pelo sol.
Tem horas que me calo.
E dias que não paro de gritar

Na manhã desejo a praia.
A noite a fazenda.
As vezes digo sim.
Muitas vezes digo não.

Tenho que decidir
Se eu entro a esquerda.
Ou se eu vou para a direita.
Não sei o que eu faço.

Só tem uma coisa que eu não tenho duvidas.
É do quanto eu te quero.
É do quanto eu te desejo.
Cada parte do teu corpo.”

Inserida por Ricarlos