Linartt Vieira: O cenário natural da Terra se modifica,...

O cenário natural da Terra se modifica, de modo geral, quatro vezes em um ano, conforme as estações: primavera, verão, outono e inverno. E cada um delas modifica o cenário geográfico a seu tempo, haja vista possuírem características singulares.

Na primavera ocorre o reflorestamento das plantas e da fauna terrestre. No verão, os dias são mais longos e quentes, com chuvas fortes. No outono, as folhas ficam secas, com tonalidades que vão do amarelo ao marrom, ocasionando uma linda impressão visual. E, no inverno, ocorrem as baixas temperaturas e as chuvas periódicas, com dias cinzentos e de baixa luminosidade.

Cada estação possui sinais que identificam a transição de uma à outra. O agricultor, o pescador, o surfista e muitos outros especialistas estão acostumados a olhar para a natureza para saber se é a época correta para plantar certa qualidade de semente, pescar ou “pegar” uma grande onda.

A natureza fala por meio de ciclos. Os fenômenos climáticos, o tão comentado aquecimento global e o degelo crescente do ártico são sinais de que o planeta Terra está doente. Há algum tempo, o diretor do programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente declarou que o degelo do Ártico criará problemas terríveis para o planeta e para a humanidade – Dezenas de animais desaparecerão.

De acordo com ONU, as catástrofes naturais vêm aumentando numa taxa anual de 6%. Será que as catástrofes naturais, como tsunamis, inundações não estariam ocorrendo também por causa das atitudes dos seres humanos em relações ao seu Criador?

Jesus Cristo afirmou, em Mateus 24.32-35, que os homens são capazes de discernir as estações do ano, porém desconhecendo os sinais dos fins dos tempos. Ele falou de sinais naturais (terremotos, fomes em muitos lugares, epidemias e doenças); políticos (guerras entre as nações), além do aumento da maldade e da falta de amor entre os Homens.

Espalham-se pelo o mundo pessoas egoístas, avarentas, sem afeto natural, parricidas, violentas, etc. – Tudo como conseqüência do pecado. Todavia, resta ainda uma esperança! E esta não está na ciência, na política, na religião, Está em Jesus Cristo!


O Filho de Deus já morreu na cruz por toda a humanidade, sofrendo para salvar cada individuo de seus pecados. Você não quer hoje mesmo receber em seu coração a Jesus Cristo como o seu único e suficiente Salvador pessoal?

Se, com a tua boca, confessares ao SENHOR Jesus e, em teu coração que Deus o ressuscitou dos mortos, será salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para salvação (Romanos 10.9,10).

Inserida por LINARTT