Rodrigo Piva Dias: Vejo fantasmas onde olho, penso...

Vejo fantasmas onde olho, penso metaforas, falo coisas sem nexo, dou socos no ár, mas as vezes fico perplexo ao ver anjos, pensar em amor, declamar poemas, dar uma flor, simplesmente em razão de te ter.

Inserida por rodrigopiva