Runpelstilsken: O jardim de amor Com todo amor rego meu...

O jardim de amor

Com todo amor rego meu jardim todo dia
Mesmo quando a chuva vem fria
E entristece meu pensamento

Ao acordar, esqueço os lamentos
E dou sorrisos de graça
Coloco adubo, limpo as traças

Converso com todas as flôres
Com todas as folhagens
De toda forma e com todas as linguagens

As encorajo, quando vem o sol, mesmo que muito quente
Ardente
As envolvo em meus sonhos e as refresco depois

Nunca é tarde para florescer o amor , mesmo que ele esteja esquecido num vaso corroído, pelo tempo ou pelo vento

Muitas vezes com minhas lágrimas renasceram flôres que até pareciam estar mortas

O perdão as ressuscitou e fez brotar novamente, o sentimento mais nobre
O amor...

Inserida por Runpelstilsken