Runpelstilsken: Um novo olhar A realidade desnuda meus...

Um novo olhar

A realidade desnuda meus ombros
Com asas cortadas ao meio
A noite cai e meus olhos marejam
Procurando por alguma estrêla ou por um sonho esquecido...

O céu de seus olhos azuis
Anunciam o limite da felicidade
São um refúgio para meus devaneios

Sinto a dor inundando minha alma
Sinto o amor confortando meu sonho e..
Correndo em meu rosto a chuva
A sorrir e a chorar
O silêncio me traz o eco de sua voz
Que calou a minha...

Como se me conhecesse há tempos
Como se me tivesse olhado por dentro
Como se me arrancasse a coragem do pouco dela que me resta...

Sou poeta você leitor
Sou leitora ,você poeta
Amo tuas mãos que escrevem
Como se usassem as minhas

Inserida por Runpelstilsken