Clarice Lispector: - Sei, é ruim segurar minha mão. É...

- Sei, é ruim segurar minha mão. É ruim ficar sem ar nessa mina desabada
para onde eu te trouxe sem piedade por ti, mas por piedade por mim. Mas juro que
te tir... Frase de Clarice Lispector.

- Sei, é ruim segurar minha mão. É ruim ficar sem ar nessa mina desabada
para onde eu te trouxe sem piedade por ti, mas por piedade por mim. Mas juro que
te tirarei ainda vivo daqui - nem que eu minta, nem que eu minta o que meus olhos
viram. Eu te salvarei deste terror onde, por enquanto, eu te preciso. Que piedade
agora por ti, a quem me agarrei. Deste-me inocentemente a mão, e porque eu a
segurava é que tive coragem de me afundar. Mas não procures entender-me,
faze-me apenas companhia. Sei que tua mão me largaria, se soubesse.
Como te compensar? Pelo menos também usa-me, usa me pelo menos
como túnel escuro - e quando atravessares minha escuridão te encontrarás do
outro lado contigo. Não te encontrarás comigo talvez, não sei se atravessarei, mas
contigo.

A paixão segundo GH pág 98/99

Inserida por eduardarocha