Andrê Gazineu: Arcano O tronco tortuoso tinha casca...

Arcano



O tronco tortuoso tinha casca lisa
que descamava em placas finíssimas
Folhas delicadamente discolores
formavam uma copa tímida, mas persistente
Que se ornará duma frutescência única
Vi flores tão solitárias florescendo em junho...



No nascer do sol
O cheiro da seiva vertendo no floema
A umidade no ar carregado
A calmaria predizendo o último dia de vida



O silêncio arrebentava-se na atmosfera
Irrompendo furioso no espaço conquistado
Perdendo-se no lado escuro da alma vazia



Demônios vestidos de sangue brincam na mata
Sorrindo por uma nova estação enlevada
Soprando injúrias no vento
Porque é preciso morrer
Porque é preciso descer ao mundo inferior
pelo terceiro caminho

pronunciando o nome do inominável

Inserida por marianagpena