Ludwig Borne: Bendita seja uma religião, que derrama...

Bendita seja uma religião, que derrama no amargo cálice da humanidade sofredora algumas doces e soporíferas gotas de ópio espiritual, algumas gotas de amor, fé e esperança.

Inserida por Rotkraut