Geraldo Neto - Uiraúna PB: Ser estranho as horas profanam as minha...

Ser estranho

as horas profanam
as minha dores reclamam
as alegrias em coma
faz-me um ser estranho

do agradável ao inatingível
um ponto fraco em mim procuram
mas minha força tão ilegível
é a força que em mim encontram

Inserida por gnpoesia