Jorge Luiz Vargas: Quem sou eu? Não sei quem tu és, se...

Quem sou eu?


Não sei quem tu és, se choras ou se ri
Não sei onde moras, eu nunca te vi
Não sei tua dor ou tua alegria
Não olhei nos teus olhos, nem vi sonhos e fantasias

Eu canto a vida, histórias de amor e dor
Nas idas e vindas de um grande amor
Eu vejo perfume, beleza e cor
Nas minhas tristezas, paixão e desamor

Fantasio as verdades, eu choro a alegria
Acendo as estrelas, da noite faço o dia
Converso com o sol e com a lua namoro
Perfumo a saudade, é na vida que moro

Tristeza e dor pra mim é poesia
Amor e desamor, uma grande magia
Na solidão todo dia me acompanho das estrelas
Na melancolia sozinho, fico feliz ao vê-las

Com lágrimas salgo as águas dos rios, depois que deságuam de mim
Com elas rego a mais linda rosa que por amor cultivo e vive no meu jardim
Na imensidão de mim, declamo o que o coração me faz dizer
E na minha poesia eu derramo, aquilo que te faz sonhar e viver

Com alegria eu choro e da tristeza faço festa
Temos um só coração...
Quem sou eu? Sou igual a você! Mas por acaso...
Eu sou poeta!

Inserida por saturnonet