Dona Geo: Eu não acredito e não me faça...

Eu não acredito e não me faça acreditar. Todo o amor que você diz sentir me assusta. Eu tenho medo, medo de que esse amor que sentes por mim me faça te amar, mesmo que no fundo sinto que já o amo, mas não quero, nego e me nego.

Eu não aceito o fato que me amas, eu não aceito o teu amor, pois de fato não acredito que o sejas de verdade, na verdade que sejas por mim, por quem simplesmente sou.

Teu amor te faz tão grande que não cabe em mim. Tal amor que por vezes me repreende, justo que não o mereço, pois eu sim me conheço, você julga me conhecer, me entender, e me por vezes me sentir, mas se tal fosse, sei que não me amaria como o diz amar.

Eu não sou o tudo que diz ver em mim, teus olhos te enganam, não me vejo como diz me ver, não acredito que certo estaria, e ao ceder a esse amor, eu amaria mais do que posso, do que me permito, e por pior, sei que seria menos do que mereces.

Não me puna tão severamente deixando-me te amar. Te amar seria o tudo ter, te perder não mais sei quem eu seria, prefiro covardemente guardar o que poderia ser.

Não se iluda em pensar que irei entender ou simplesmente aceitar por acreditar que é necessário deixar-me sentir, não percebes que não há amor que me faça acreditar, pois não acredito no amor, e não acredito que isso seja amar, tão pouco acredito que me amas, e não irei acreditar, é difícil acreditar em algo quando nem mesmo consigo acreditar em mim. Acredite.

Inserida por bellerestel