Michel Lopes Del Sent: Em toda a nossa vida nunca conseguiremos...

Em toda a nossa vida nunca conseguiremos esquecer sentimentos verdadeiros e os momentos mais lindos que vivemos. O máximo que pode acontecer é que vamos deixar eles dentro de uma caixinha, como um baú dos tesouros. E sempre que abrir-mos essa caixinha vamos lembrar de todos os momentos mais lindos que já sentimos e vivemos.
Nessa caixinha também deixamos as pessoas mais especiais que por algum motivo qualquer, não podem mais estar conosco; e quando a saudade apertar vamos abrimos essa caixa e vamos lembrar de cada segundo o que passamos ao lado dessa pessoa.
Ainda assim existem as pessoas que vão estar na caixinha só por um tempo, por um outro motivo qualquer, elas estarão ali, só esperando a poeira baixar, e as coisas entrarem nos eixos de novo, para fazerem parte da vida do dono da caixa e não apenas das lembranças.

Enxergue que as pessoas que vivem próximas de você são os seus mais valiosos tesouros.
E conforme o tempo passa, nós vamos aprendendo a dar o verdadeiro valor nas coisas e nas pessoas.

Se todo pirata soubesse como achar com facilidade os tesouros que ele procura, ele apenas gastaria o que achou. Sem esforço o tesouro seria apenas de valores materiais. Para um pirata dar valor ele tem que arriscar muita coisa na conquista desse tesouro... talvez dedique a vida inteira atrás dele. Só assim ele dará o devido valor a sua conquista.

Por assim dizer também somos como tal pirata. Sempre queremos pessoas de mais valor próximas a nós. Não vamos guardar nas nossas caixinhas qualquer coisa, por que sabemos que isso irá ocupar muito espaço. Apenas vamos guardar os nossos tesouros, as coisas mais valiosas das nossas vidas, que por mais que sejam de tempo curto em duração, tem um valor elevado. Há pessoas que se afastam de nós por que as magoamos. Essas são as que nos deixam uma das maiores dores, a saudade. E são essas as que mais lembramos quando abrimos as nossas caixinhas.

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Mas o melhor não não é guardar as coisas, momentos e sentimentos. O melhor é vivê-los! E formar a cada dia novas memórias, fazendo com que a caixinha junto com o que vale a pena aumente de tamanho. E que se torne não apenas uma caixinha, mas sim um baú pessoal dos tesouros.

Inserida por SheLLTB