Tayana Dantas: Que doçura tinha Rita, ela era doce na...

Que doçura tinha Rita, ela era doce na sua vontade de ir além, de desbravar, quebrar barreiras. Ela era doce na sua paixão libertadora que não aconteceu. Morreu antes, como tudo que promete muito. Ela queria desafiar o pai com aquele objeto liberto que a encantava. Mas o objeto lhe causará amor e o amor era sempre triste, como ela.

Inserida por tayanadantas