Nina Rocha: SOLIDÃO ACOMPANHADA Solidão...

SOLIDÃO ACOMPANHADA


Solidão acompanhada
Boca que se move muda
Surda e tola gargalhada
O som inútil a mente afunda

Presente alí nesse instante
Só assiste como um monge.
E esse vão se faz gritante
Enxerga um mundo de longe

O corpo sempre cercado
Mas a cabeça lá...distante
Em meio a todos abrigado
O riso falso destoante

Inserida por Ninaflorzinha