Nina Rocha: Do que ficou Aprendi a duras penas...

Do que ficou

Aprendi a duras penas
Saudade é só e apenas
Vontade passageira
E nessa dor ligeira
Pensamos ser tormento
A dor que é momento
Mas curada a ferida
Fica de trôco a vida
Estrada a nossa frente
Sem cores ou repente
Só solo duro e vero
Por hora o que mais quero
Nas vidas que por vir
Promessas de sorrir
Rejeitarei de pronto
Não quero sonho tonto
Só quero o meu canto
Sem sonho ou acalanto
Pesares não terei
Sem sonhos viverei


(10/09/2009)

Inserida por Ninaflorzinha