Thais Sampaio: Às vezes acontecem coisas na vida da...

Às vezes acontecem coisas na vida da gente que nos machucam e nem sempre estamos preparados pra lidar com isso. Vejamos tais coisas como perdas, separações, etc. de pessoas ou objetos que queríamos “para sempre”.
O mundo é isso, é o que acontece nele, isso não é bom, mas faz parte da vida e do nosso crescimento, cada perda e separação tem seu propósito.
Sabe qual o maior problema em relação às perdas? Que nós não nascemos preparados biologicamente pra elas para elas? Não, e também não é porque não vem com manual de instrução! O problema real das perdas é o comodismo. Não estou desmerecendo a dor de ninguém, principalmente por que eu sei das dores de algumas perdas e separações.
Mas parando para refletir quando você diz que está com saudades de algo ou alguém você descreve, por exemplo, saudades do abraço de fulano de tal e de um cobertor tão quente quanto aquele antigo, é a comodidade falando alto. Tudo pelo simples fato da mudança,vejamos como então os seres humanos são inseguros, o simples fato de mudar toma tanto tempo para algumas pessoas; Por que simplesmente não mudar e descobrir que alguém abraça melhor que ‘não sei quem’, ou que é só por ser novo que o cobertor não esquentou muito da primeira vez que você usou?
Bom, com pausas para reflexões para reflexões como essas, talvez você encontre, assim como eu, algum argumento que te faça perceber que por mais triste que seja você só se fortalece sofrendo, mas apesar de falar isso, falo também “Você não pode deixar de viver.”, e vivendo você vai acumular um conhecimento, não será o bastante, mas o será o qual lhe mostrará onde você vai pisar e que não vai afundar.
Por que apesar disso, nós sofremos em situações parecidas? Pelo simples fato de que o que você sente por alguém você não vai sentir por outro alguém daqui a 10 minutos, ou menos.
Talvez seja apenas mais um dos milhares de pensamentos que se têm sobre a instabilidade sentimental e comprovação de que o ser humano não domina tudo, mas é um pensamento único, e que apesar de ser só meu, ao ler talvez você se identifique.
“Se estamos todos sozinhos no mundo, estamos juntos nisso.”

Inserida por thaissampaio