André Lucas de Almeida: Morri, mais vivi intensamente a minha...

Morri, mais vivi intensamente a minha vida, levantei, mais cai também, me marquei, mais deixei marcas, fui ofendido, e também ofendi, chorei, e fiz chorar, trouxe alegrias e confusões, fiz e aprendi, Enfim, eu nasci.
E percebi que as vezes nem tudo na vida cresce se regar,
Que para ter certeza de um sentimento existe o tempo,
Ser sincero é bom, mais também o outro lado não o entende;
E existem coisas na vida que não é preciso correr atrás para ter, apenas tentar e deixar fluir,
Que algumas pessoas se ama pela posição na cama do que na vida,
E existem pessoas que nos amam pelo que temos, e não pelo que somos
E quanto mais você confia nas pessoas, menos amigos você tem;
Posso te ensinar a pescar no lugar mais escuro que existir, porem terei apenas uma vela na mão, e você terá que montar seus remos...

Tenho planos, objetivos, paixões e amores, decepções e alegrias.
Mais tem coisas que quanto mais guardo pra mim, mais conquisto, estes são os motivos que do meu rosto não se vê uma lagrima mais,
Amo todos ao meu redor, e não preciso amar mais pessoas para ser lembrado e amado, basta continuar falando o que penso; E fazendo você pensar, por que é isso o que eu quero. Problemas existem, mais todos somos capazes de superá-los...

Pode acreditar, a vida é bela mais não é eterna.

Inserida por andrenj