Tiago de Sá: Por quê? Paira a poesia Perde o poer...

Por quê?

Paira a poesia
Perde o poer
Pinta o passado
Pobre é passar
Plúmbea é o chover
Pude perceber

Inserida por morejunior