Silas Geraldo: Tu és estranha como uma garotinha...

Tu és estranha como uma garotinha silenciosa
faz-me sentir duvida, mal-estar
és diferente como uma moda escandalosa
mas nem sempre desejo lhe parar

Deixa-me perdido em amargura
choro por dias, crio frases melosas
estranhamente tu também traz-me ternura
visto por pessoas de fora, reações duvidosas

Existem situações em que lhe imploro por paz
tudo tem um fim, a vejo indo pelo ar como uma doce musica
Oh saudade, tu me mostras algo incapaz
porque sentindo-lhe vejo que amo alguém, uma pessoa única

Inserida por silger