Silas Geraldo: Magnificamente com um voo de um...

Magnificamente com um voo de um pássaro, ela encanta seus observadores
com seus longos e cacheados cabelos negros, em corações ela cria amores.
Mas por trás daquela mulher esconde-se uma doce e timida menina
daquelas serelepes que sonham ser bailarina

Seus alegres olhos cor mel no fundo guardam confusão
porque quando criança tudo era simples, sem qualquer complicação
então aquela garota de corpo formado decidiu render-se a mais uma brincadeira
sem coração partido, tristeza, apenas jogou uma bola pela ladeira

E enquanto aquele brinquedo descia, como um filme sua vida lhe passou
sonhos, realizações, alegria, fantasias, porem algo a incomodou
apenas quinze anos ela tinha, o que da vida ela sabia?
poderia até pensar em viajar mas uma aventura ela não teria

Isso porque ela ainda não aprendera o mais importante
dar valor a cada pequena oportunidade, mesmo sendo insignificante
uma folha daquela grande árvore do quintal, que já está seca no chão
se tivesse boca teria muitas histórias para contar: crianças, brigas, paixão

Então dando um pouco mais de atenção para o que deve ser feito
aquela menina tornou-se novamente mulher, agora teria um concerto
caminhando pela inacabável estrada de pedra, sem sapatos
pensou alto: Ninguem controlará minha vida, sou consciente dos meus atos.

Inserida por silger