Nina Rocha: Meu segredo Poderia dar o cristal que me...

Meu segredo



Poderia dar o cristal que me corre a pele
Talvez assim a luz que flue,levasse a dor
nudez de alma,vozes,luzes, a minha repele
tesouro guardado sem valor, meu cobertor

Fizesse assim talvez sendo o que não sou
Matava um pouco mais o interior
Secando a flor assim sem agua, estou?
Deixando o vento toda raiz expor



Mas não....não vou mostrar
Me quero assim a ver o que passou
De longe ,sempre longe a adiar
Meu fim meu eu que talvez mudou


Penso no tempo ,se vai ou se vem
e eu aqui, meus cristais engolidos
tempo não vai nem vem ,as vezes,só retém
Cristais eternos,molhados e coloridos


Me deixo ver ,mas por mim mesma sem medo
O que escorre é meu mesmo conheço o gosto
Não me movo ,non ti muovere,é cedo
Fico assim ,eternizando meu segredo


19-11-2009

Inserida por ninaflorcore