Paulo Roberto Bueno: Razões que meu coração custa a...

Razões que meu coração custa a entender
Eu sei que vocês minhas leitoras não morrem de amor por mim, tampouco gostam de ouvir as minhas palavras que ora são doces, ora são ácidas, pois tenho como prática posicionar-se muito em relação a conduta que vocês tem perante a vida, mas confesso ser apreciador de algo que é inerente as mulheres, a capacidade que vocês tem em simplesmente dominar o mundo. Explico, quando falo em mundo devo especificar que o mesmo, é o masculino. Nós homens, que somos dotados do espírito de construção, que criamos as maiores e melhores maravilhas tecnológicas, desvendamos as profundezas do oceano, construímos plataformas marítimas, estruturamos arranha-céus, construímos pontes de extensões infinitas, fomos até marte, mapeamos a cadeia genética mas, podemos tudo, mas, somos incapazes de desvendar o coração de uma mulher.......
Nos últimos anos, essa conquista de espaço nos campos que antes eram exclusivamente masculinos, tem sido muito importante na constituição daquilo que elas são, pois essa representatividade acaba as colocando como senhoras e donas de tudo. Mas também, essa relação de conquista tem prestado um grande desserviço a elas, estimulando nelas ressentimento e solidão, e levando-as a enganos, como, por exemplo, afirmando coisas irreais como a não importância da maternidade, ou a incapacidade de viver relacionamentos duradouros, razões que meu coração custa a entender (Ponde).....
No campo dos afetos e dos sentimentos, a ideologia de ser, de existir, e de viver racionalizando qualquer emoção que seja, só atrapalha a já difícil vida a dois. Essa mania se traduz na idéia de que, em toda parte, tudo seja poder e opressão e qualquer sujeito que queira se aventurar em coração alheio e, ainda mais, se for de uma mulher, só pode ser chamado de louco, de destemperado, desequilibrado, pois na verdade se tem uma coisa que elas detestam é serem questionadas sobre o amor.
Deve mesmo ser um saco ter que aturar chatos que se acham no direito de invadir sua privacidade como se fossem donos delas, tentando aprisioná-las, em outras palavras indo na contramão de tudo aquilo que elas conquistaram nesses tempos atuais. .
O problema é que quando estamos interessados numa mulher, sempre ficamos um tanto idiotas. Pela sua beleza, por seu charme, seu mistério e, acima de tudo, seu sorriso.As vezes, só porque ganhamos um sorriso, nos sentimos no direito de se achar dono dele e muitas vezes, corremos atrás, fazemos mesmo papel de idiota simplesmente para ganhar novamente aquele sorriso.
Uma das coisas que me fascina nas mulheres é o fato de que não as entendo. E é nessa falta de entendimento que reside o perigo e a armadilha muito preparada por elas para aprisionar o coração do sujeito.
Amigas minhas de bem com a vida e sem ressentimentos não perdem um minuto de suas vidas com esse tipo de homem. Falo daquele tipo de mulher que sabe que um homem que gosta de mulheres e vive constantemente sob o poder do desejo feminino. O melhor argumento a favor da delas, é que do ponto de vista masculino, é tê-las próximas a nós, torna o nosso dia melhor, mais leve, mais encantador. Elas sabem disso também, e fazem do desdém à figura do homem, sua arma mais poderosa no sentido de mantê-los acorrentados a elas....
Erra o homem que supõe que pode brigar em condições de igualdade com elas. Elas não carecem de nós, estão entre nós, mas definitivamente, não precisam de nós. Conheço uma série de sujeitos que vivem a espera de um telefonema, uma mensagem, um pedido de ajuda, migalhas jogadas ao chão e acreditem, elas fazem isso até por piedade, mas não se preocupam com a gente.
Na minha pequena vivencia em relação a esse mistério humano, aconselho muitos amigos meus: “quer sofrer?, quer chorar?, tente entender o coração das mulheres...” Você pode até tentar, mas, dificilmente não sairá arranhado dessa experiência....

18/11/2009
prbueno3@yahoo.com.br

Inserida por paulobueno