Luiz Eduardo Guerreiro Barreto: no amargo tédio da distancia minha...

no amargo tédio da distancia
minha mente tentando escapar do enfado
pensa e me faz acretidar que vc está ao meu lado
quando o passado vira presente na nossa mente
nada mais é que uma tentativa decadente
da alma querendo voltar

algumas doses depois
pois o alcool me faz esquecer
a ilusão de te ter
viro mais umas doses
dedicadas a você
esse não é meu ultimo erro
tenho ainda muitos erros a cometer

duvida cruel e traidora
sem o medo poderiamos sempre ganhar
mas ele me faz sempre perder
tudo pelo receio de tentar
mas eu desisto, o melhor é te esquecer

Inserida por duduiu