Melkizedek: Sempre esteve Deus próximo deles e...

Sempre esteve Deus próximo deles e sempre estiveram eles próximos Dele.
Porém, os céus mudaram, as estrelas se moveram, muitas luas passaram... o peso dos séculos foi se acumulando sobre a história do Planeta.
E nasceram as cidades, as ruas e os edifícios.
Os homens deixaram as peles e se vestiram com roupa de fábricas.
Distanciaram-se da natureza e a encerraram-na em parques... e disseram que era para protegê-la.
E o ser humano começou a viver em um mundo inventado por ele.
Já não estava o irmão castor para ensinar-lhe os mistérios dos rios, nem a irmã águia para mostrar-lhe como devia voar. Já não era possível falar com as árvores para descobrir seus segredos, agora todos eles estavam encarcerados em parques e zoológicos... para protegê-los.
E o ser humano? ...
O ser humano se havia construído uma cela ainda maior... e chamou-a civilização, chamou-a cidade, chamou-a sociedade... porém, era uma cela e não se dava conta.
O ser humano criou, então, escolas e institutos. Para ensinar seus filhos a viver dentro da cela... para ensinar-lhes como ser felizes ainda que estivessem presos.
E sentir um ar de liberdade... ainda que não pudessem sair nunca de suas celas.
Por isso nasceram os homens que queriam ser livres, os que sim, se davam conta da tragédia.
Os que gritavam aos quatro ventos que a humanidade havia perdido o caminho.
Porém, eram considerados loucos, e às vezes até os queimavam em fogueira.

Inserida por camilafernandez