Mariele Wanderley Pereira: Uma carta de adeus... É com lágrimas...

Uma carta de adeus...

É com lágrimas nos olhos e o coração partido, que deixo o meu adeus e o meu pedido de perdão. Perdão por não ter mostrado o melhor de mim, por não ter sido o melhor para sua vida, pois você merece o melhor e é digno disso. Não estou magoada por suas sinceras palavras, simplesmente agradeço por elas, admiro a sinceridade no ser humano.Essa capacidade de se desarmar e abrir o coração é nobre. Agradeço imensamente por ter tido o privilégio de ter lhe conhecido e de ter sido amada por você, por toda a sua afetuosidade, carinho e paciência extremos. Fui agraciada pelo destino, pois ele trouxe você para mim. Você foi como uma luz em minha vida a iluminar a escuridão de meu caminho, de meu coração. Com você aprendi o valor do silêncio e da humildade, preciso apenas pô-los em prática. Sei que tenho o potencial para evidenciar o melhor que posso ser. O universo conspirou para que nos encontrássemos, mas agora é hora de partir, pois você já cumpriu sua missão. Deixo as seguintes palavras: "Voa meu pássaro, voa livre.Não quero podar suas asas. Você tem o azul do céu e o infinito. Eles te chamam. Sai dessa gaiola que o aprisiona.Você não é mais meu prisioneiro.Voa. E quando achar que deve voltar, estarei a lhe esperar de braços e coração abertos. Aqui, neste mesmo lugar".
Eu te amei e deixei você escapar pelos meus dedos.Não adianta estarmos juntos se não lhe faço mais feliz. Deixei, como você mesmo disse, as coisas virarem uma bola-de-neve. Não queria desistir de você e dos nossos planos, mas o que posso fazer? Quero a sua felicidade e se essa felicidade for me afastar de você, deixo-o livre para encontrar essa tal felicidade, mesmo que seja nos braços de outra mulher. Estou sendo covarde, pode ser. Posso me arrepender? Sim, já me arrependi quando fechei a porta atrás de mim e fui embora. Me arrependi, pois sei que ficará para sempre longe de mim e de meu coração.Queria ter feito você o homem mais feliz do mundo, mas o sufoquei com meu excesso de ciúme, com minhas cobranças. Eu estava sabendo lidar com o meu lado negativo, obscuro, complicado. Sei que um dia você vai enxergar que não quis lhe fazer mal. Uma vez você me falou que não existe no relacionamento essa coisa de "opostos se atraem". É verdade...Nós éramos muito parecidos na maneira de pensar, de sentir as coisas. Gostávamos das mesmas coisas, queríamos as mesmas coisas. Mas aqui estou eu a lhe escrever, essas palavras derradeiras. Quando velhinhos estivermos, espero que nos lembremos do quanto nos amávamos e das horas lindas que passamos juntos, vendo o tempo passar.Leve o meu amor e o meu frágil coração, que mesmo distante nunca deixa de pulsar forte por você.

Inserida por marielew