Luiz Eduardo Guerreiro Barreto: Nós dois somos um verdadeiro poema,...

Nós dois somos um verdadeiro poema, nós somos as palavras, cada pessoa que passa na nossa vida são os pontos e virgulas, se tirar, pode até ficar sem sentido, mas isso raramente acontecerá, essas pessoas apenas servem para a intonação, para a pausa pra reflexão, mas não importa, nós somos as palavras. O ponto final é a morte, mas aí, o poema já vai ta escrito.

Inserida por duduiu