Pastorzinho Eliezer Kosta: 11 de novembro no I ano do terceiro...

11 de novembro no I ano do terceiro Milênio
desmiolados por um deus de ódio e de pobreza
fizeram o que ninguém pensava para tal ter gênio
deixando paralisados ricos, com medo de certeza

pegaram nas palavras odientas presidenciais
pegara na lenha que a riqueza tinha juntado
chegaram fogo às idéias bárbaras descomunais
deixando o mundo de liberdade todo enlutado

o mundo chorou ao ver as imagens na televisão
o desmoronar das irmãs gêmeas bonitas altaneiras
a liberdade erguida para o espaço, o nosso coração
ali se albergava gente de todas as raças e bandeiras

quem foi?.... de certeza ignorância ódio e pobreza
ensinamentos duma religião que não devia existir
ensina a mutilar a mulher e não tem pão na mesa
e de sangue inocente o mundo livre veio tingir

quem é culpado?... ignorância pobreza e ambição
dinheiro da droga que ninguém sabe de onde vem
polípticos e riqueza que denegriram o coração
esqueceram da ciência, daqueles que a não tem

queria ver o terrorismo e ódio da terra desaparecer
mesmo professores e alunos e crentes em fogo arder
mas tenho pena que no meio disto sofram inocentes
então preferia mais saber e igualdade entes as gentes

formarem neste Milênio uma só religião, ciência e amor
contenha apenas água ar pão, e trabalho mulheres e cor
porque assim, em vinte anos as almas do mundo dobraram
e a mãe natureza chorará por a todos não poder dar pão.

Inserida por eliezer