Adriano Hungaro: Dôo, aos meus inimigos, os melhores e...

Dôo, aos meus inimigos, os melhores e mais sinceros sorrisos que tenho; simplesmente para que, se lembrando de mim, os copiem quando chorarem por medo!

Inserida por AdrianoHungaro