T. Ellen Miranda: Sem interior Nem me lembro mais o que é...

Sem interior


Nem me lembro mais o que é chorar
Vivo então cantando e pensando em viver
Passam os dias a saudade bate
Mas, eu vou te ver amanhã
Preciso me acalmar o coração reclama
A porta está entreaberta mas, a brisa pula a janela
Juventude inexata
Quero ser a minha mãe
Ser mais séria, responsabilidades

Corro e pulo, sou criança
Deixo os outros por você
Quero teu abraço, o mais puro
Só não me faça... Chorar
Nem me lembro mais o que é chorar

Detive em mim todas minhas falhas
Analisei segundo por segundo
Perdi a cabeça, dane-se o lixo!
Quero você, passar a tarde
Fujo das obrigações, mais um detalhe
Durmo até mais, a cama bagunçada

O que fez comigo?
Estou tão desastrada, esqueço o que vou fazer
Olho para tela da TV, não entendo nada
Se me perguntam respondo qualquer coisa
Lalalalalalalalalalalalala

De pijama, o dia todo
Pensando em você, o dia todo
Sorrindo, o dia todo
Amando você... Ainda não amo
Mas, eu não posso te perder
Mesmo que não te tenha vou te ter
Enganar já não posso
Só com você não existe divórcio

Amo você... Ainda não
Porém, já está em mim como uma chama
Que arde pequena, porém inflama
E dura a noite inteira
Fazendo todo gelo derreter

Inserida por Ellenmocuishle