Helena de Oliveira: Confesso que até cheguei a te amar Sim,...

Confesso que até cheguei a te amar
Sim, é sério
Nem sei bem como foi
Mas foi...
Daí me perdi entre tantas linhas
e dessa história
nem um parágrafo restou

Eu sei lá...
Naquele instante eu so sabia
te amar

Não sei se acordei
ou domir...
Me cobri
esquentei minha própria cama
e foi melhor que te fantasiar
Só liguei que era dia
Quando me peguei olhando o mapa
da biblioteca da escola
Meio fascinada...
Que nada!
Eu sabia que não ia dar em nada

No entanto
Não me conti
Dava um palmo e meio
Se eu contasse de lá até aqui
O mapa foi meu amigo
e me levou
por algum instante
pra bem perto de ti

Sabe,
as pessoas vem
e
vão
No rumo do mapa
do meu coração

Inserida por helenadeoliveira