Thallyta Ellen: Segunda Chance Basta ouvir tua voz E...

Segunda Chance

Basta ouvir tua voz
E noto logo como mudou tudo
Um vago pressentimento
Um medo aborrecedor
Quis tanto te ver outra vez
E agora essa idéia é um tormento

Você retorna como um fantasma
E meus braços já têm teu espaço reservado
Meus lábios se contraem e pronunciam o teu nome
Tão exatamente igual como outrora
Quando sorríamos em conversas escandalosas

Olho para a parede ao lado
Tão imóvel
Esperando algo que a enfeite
A transporte para outra dimensão
Duvido que ela também não esteja chorando
Por algo que a partiu ao meio
Um terremoto talvez
E deixou-a a ponto de desabar
Sem nem fazer falta ao luar

Agora já não suporto o tempo
Ele que nos separa
Permita-me mais uma vez
Tocar teu rosto e desenhá-lo em meus pensamentos
Só assim eu sossegarei por mais um dia

Inserida por Ellenmocuishle